Páginas

segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Fantasma atormentado pelo tempo

Sou como fantasma que vaga pela vida das pessoas, muitos acreditando que eu existo e outras nao acreditam, no final passo de uma sombra que assombra essas almas encarnadas nos seus corpos inóspitos, seus sentimentos nao passam de pequenas fantasias deprimentes, os sorriros nao passam de pequenos momentos contentamento, que nao deixa ser um momento de lavar sua alma perdida e desiludida pelo tempo e pelas magoas sofridas na trajetoria da sua vida. Ja pertenço ao mundo dos espiritos rebeldes, que senti a vida injusta na pele, sentimentos rebeldes e introspectivo sem esperança de ser retribuidos, pq jamais foram ditos. Aqueles que ainda nao pertecem a esse mundo, nao esta perdendo nada, é tudo igual a diferença é que podemos visita quem quisermos. Mais a grande questão sera que vcs acreditam que estamos pertos de vcs?
Creio que vcs jamais acreditam q estamos a menos de um palmo distancia de vcs.
Olhem para os lados e nao veram nada, pq somos invisiveis para seus olhos, passamos de energia cosmica, o q olho nao ver o coração nao sente. Esse dito vale o mesmo para todos os vivos, pq o que vcs nao vem nao poderam sofrer um ataque de histeria.
Prefiro ser esse fantasma por muito tempo, prefiro assombra os vivos, pq vcs nao passam de seres descrentes, o q facilitar o nosso trabalho.
Quem sabe eu retorne aos vivos?? Concerteza retornarei, e tb serei assombrado pelos fantasma da minha propria consciencia louca e perdida.
By Adonis

terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Fetiço da melodia do norte

Quando a melodia do norte tocar os seus sonhos seram atormentados pelos seus piores pesadelo, o toque lhe causara grande desapontamentos, a melodia so ira parar quando aprender um lição que vc jamais ira se esquecer. Sua felicidade ira se torna na maior decepção que vc viu na sua vida, sofrerar as consequecias a cada nota tocada na melodia. So irei parar de tocar quando ver que nao sera mais necessario. Talvez com a melodia do sul, do oeste vc possa se livra dessa terrivel decepção o que nao é certo, quem sabe os espiritos sejam bondosos contigo, mais creio que nao, pq meu pedido vai alem do que vc pode imaginar, seu tormento sera dificil de encarar, mais posso aguentar, ja aguentei muita coisa nessa vida. Mais apos essa lição concerteza deixarei vc em paz.
Quando aprender essa lição vc ira retorna para aquele que vc jamais deveria ter abandonado, meu sorriso sera satisfatorio, pq nao sera a mim que iras retorna. Desejo boa sorte, que a melodia do sul, do oeste e leste so apareçam quando vc aprender essa pequena lição, ninguem fica inpune, todos sofremos as conseguencias dos nossos atos.
Tenha otimos pesadelos com a minha melodia, pq vc so tera 4 meses dela.
Fica com Seus sonho atormentados.
By Adonis

Badalada da Meia-Noite

Primeira badalada da meia noite toca-se no sino da igreja, o som ecoa pelo espaço passando pela parades da cidade, e chegando a uma descrente de uma vida melhor. A segunda badalada toca e uma alma perdida bate na porta da casa procurando abrigo, um jovem pergunta o que queres aqui?? O estranho responde - poderia me conceber um abrigo por essa noite??
- O jovem responde: infelizmente nao posso lhe dar abrigo, mal temos espaços pra nós.
- O estranho: So quero lugar para passa noite, so nao quero ... passa aqui .... fora. Vc viu como esta o tempo??
- Sim eu vi, realmente vc tem razão ... perguntarei para minha mae.
- Ta certo.
- Meu caro estranho, ela disse que infelizmente nao pode ajudar ... me desculpa.
- Tudo bem, entao.
- Mal eu pergunte pq esta de capus no rosto.
O estranho tira o capus do rosto demonstra o rosto jovem, cabelos longo e loiros e olhos azuis, a mae abre a porta e ver o estranho, com aquela rosto belo e raro.
- Quem é vc ??
- Sou um dos soldados da infantaria do exercito da cidade, o dormitorio esta longe e nao queria correr o risco de ser atacado enquanto retorno, mais nao quero mais te pertubar senhora.
- ??? Devo esta ficando doida, mais entre longo dentro da minha casa, nao quero ser responsavel pela morte de um soldado como vc.
- Obrigado senhora.
- Mais o q vc esta fazendo no lado de fora ate essa hora??
- Estava vigiando o perimetro, para ver se nao houve nenhum ataque.
- Sei, bom eu vou dormi vc pode fica naquele sofa. ok?
- Ta certo e obrigado por me abrigar.
- De nada.
Quando o sol apareceu o soldado parti para o posto de comando, e a jovem mae nao viu o soldado parti.
Passaram se 3 meses apos a visita daquele soldado de cabelos loiros. Ao visita a feira foi atacada por rebeldes acabou sendo jogado no chao quando o homem estava se aproveita dela, uma espada passa pelo corpo do rebelde que cai ao lado, mostrando por traz dele, comandante das forças especiais do exercito do pais.
- Vc nao é soldado?? Vc é um comandante, pq mentiu?
- Vc ja tinha me negado abrigo por ser um estranho, pense dizesse que era um soldado comum vc nao recusaria meu pedido e eu tinha razao. Sei que fiz a coisa errada, mais precisei fazer, mas se nao fosse por essa mentira concerteza nao teria conhecido vc e ter te salvo hoje.
- Mesmo isso nao justifica o que vc fez??
- Eu sei... Mais mesmo tenho que lhe agradecer por nao ter me negado abrigo.
- Nao pense, que me esquecerei facil disso.
- Espero que nao, obrigado por ter me ajudado.
Passaram se dois meses desde aquele incidente. E ele bate na porta dela com capus no rosto, e com capa no corpo inteiro mais se encontra ensaguentado, pedindo ajudar.
- Vamos entre logo, o q aconteceu??
- Formos pegos numa armadilha e acabei sendo ferido, meus homens estao mortos.
- Enquanto aos rebeldes??
- Antes de todos morrem consiguimos impedi-los por hora.
- Deixe eu cuidar de vc, filho vai pra seu quarto e nao saia de la, vc me ouviu.
- Sim, mae.

O dia amanheceu e ele estava infachado no corpo inteiro, mal podia se levanta.


- Pelo jeito vc me salvo de novo, nao é??
- Hum, pelo jeito vc gosta de dar trabalho.
- Obrigado pela ajudar, mais agora creio que consigo andar ate o posto de comando.
- Vc nao esta em condições de caminhar, a conselho a passa mais uns dias aqui.
- Mas se eu nao for vao pensa que eu morri.
- Isso é de menos, pq se vc for do jeito que esta acabara morrendo no meio do caminho mesmo.
- Irei acerta hospitalidade ate esta firme de novo, depois partirei.

3 dias se passaram ele meio curado partiu para o posto de comando. A pergunta que se passa na cabeça do garoto quem é ele, pq ele bateu na nossa porta?? Esse misterio ta longe de ser descoberto pelo garoto ou estara muito proximo.

..... CONTINUA .....
By Adonis

Meu doce lar

Ao abri meus olhos pela primeira vez enxergo, um lindo lago. Seu tamanho alem do que posso ver, entro nele para saborear o toque da agua sobre meu corpo fragil e quente. Sinto água gelada passa pelo meu corpo enquanto mergulho para debaixo da superficie do lago, o toque me faz arrepiar. Mas com tempo acabo crescendo e enxergando que o lago não é infinito, que ele chega ao fim no outro extremo na faixa de terra fresca e molhada por ele. E percebo que ele é pequeno demais para mim, e quero algo maior para nadar, preciso deixar primeira coisa que vi quando abri meus olhos lago da onde nasci. Posso viajar pelos horizontes e pelos lagos do mundo, mais nunca seram iguais ao quer vi quando abri meus olhos. Um lago perfeito e cheio de harmonia, que esta sendo esquecido por todos, menos por mim por que carregarei por toda a minha aquela bela imagem. Um quadro perfeito que poderia ter sido pintado pelos maiores pintores. E mesmo assim nao passaria de uma paisagem como outro qualquer para os outros, mais para mim seria a minha paisagem perfeita, por ser minha terra natal, aonde jamais deixarei de voltar, concerteza quando retorna jamais partirei novamente. Por que o lago é perfeito, como tudo que esta redor dele, agrandeça nao traz paz só traz preocupação. Prefiro viver no pequeno, do que viver no grande jamais ter paz.
Meu lago, meu lar e minha vida jamais deveria ter partido, mas nao se tivesse feito jamais descobriria o quanto vc é importante para mim.
Minha primeira impressão é a primeira que vi do meu lar e da minha vida, uma calma eterna no lago que nasci.
Pertenço a ele e ele pertecem a mim, dentro do meu coração jamais parti da minha cidade natal, do meu lago que foi e sempre sera minha vida toda.
Meu lago é meu lar, meu lar é o lago aonde nasci, e onde morrerei.
Nasci e vivi, morri e renasci no meu lago. Jamais deixarei vc novamente.
By Adonis

sábado, 22 de novembro de 2008

O tempo que nao se passa

Tempo, tempo o q faço contigo, não sei se olhar para vc enquanto passa ou se vejo dia desaparecer. Tempo, pq gostar de brincar comigo, o q fiz para vc me machucar desse jeito. Tempo o q faz com as pessoas é imperdoavel. Você traz esperança, mas ela vem com preço. A espera de que tudo vai dar certo, no final tenho que espera que o você passe por mim de novo. O q faço contigo olho você passa ou faço de conta que vc nao existi, que nao passa de uma ilusão da minha mente, que criei para justificar o mal que me acontece? Se for isso pq sinto tao fraco e sem destino para segui. O q vc fez comigo, o q vc fez com todos nós??? Pq sinto como se vc nao parar-se de passa por todos nós?
Vc faz mal a nossa alma e a nossas esperança, vc rir das nossas vontades e desejos, e mesmo ainda passa por nos e realizar alguns, por que?
Tempo não me resta mais, esperei vc demais, acabei perdendo meu proprio tempo.
Só espero que contigo nao tenha acontecido a mesma coisa. Essa é a ,minha esperança , que o tempo tenha lhe dado a chance que vc precisava, se precisa esperar.
Desejo que o tempo passe por vc e nao lhe traga o mal, so quero que ele seja seu aliado e nao seu inimigo.
Tempo, tempo o q fez comigo?? Me iludio e me destruiu. Mas ao menos a salvo, entao valeu a pena perde minha tempo. O vendo passa, e eu sei que ela ira superar, a minha perda e a esperança que o tempo trozer para ela se desapareceu da mesma forma que surgiu.
Tempo o que seria de mim sem vc? O que seria dela sem vc ??
So seriamos seres que surgi e nao sabem viver, com o tempo que vc nos dar.
Tempo, nao preciso mais, mas ela necessita demais para superar a minha perda, nao passe por ela sem senti nada, faça ela superar, como eu superei nao poder mais toca-la.
Tempo, tempo e sentirei a sua falta.
By Adonis

Quadro imperfeito

Podemos mudar nossos comportamentos, mas mesmo ainda seremos os mesmo. Podemos mundar nossa aparecencia e mesmo assim permanecer a mesma pessoa. Podemos sofrer feridas profundas, e nao mudamos. A unica coisa é certa é a incerteza de nossa mente se adaptar a qualquer situação que apareça nossa frente.
Devemos permanecer calmos mesmo na situações mais complicadas, mais constragedoras. A vontade é tudo e a paciencia é uma virtude, que se adiquiri.

Vou permanecer a mente vazia, pq uma mente vazia nao pensar em besteira. Melhor esquecer o q te pertubar e ver alem de um quadro de tinta vazio e sem sentido, uma pintura embaçada e sem referencia para os observadores que tentam desifrar. Mentes brilhantes que nao conseguem nem desifrar os proprios sentimento e tentam analizar um quadro rabiscado, por pintor em conformado e desastrado.
No final nao passa de um quadro imperfeito como todos os que pintaras antes. No final na passa de um rabisco no quadro vazio, de uma mente pertubada.
By Adonis

segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Além de um caminho desconhecido

Caminhamos pelo estrada da vida sem saber o que nos aguardar, os olhos sempre atentos para estrada, olhos espreitando a imagens que ver na caminhada da estrada sem vida, so vc andando sozinho, usando os proprios pés pra chega ao local almejado.
Lugares vazios, abandonados pelo tempo, e virando ruinas desnecessarias. Caminho estrada sozinho, pq nao encontrei ninguem para me acompanha na minha jornada, sei que encontrarei cidades vivas, e que pessoas me acompanharam uma parte do caminho. Mais hoje estou na estrada sozinho, sem com quem dividir os meus pensamentos e poemas. Caminharei, pq se parar darei o gosto de vencido e esse gosto nao vou dar para ninguem, prefiro caminha sozinho do que mal acompanhado, prefiro na loucura viver, do q um tolo conformado com uma vida futil.
Os caminhos sao longos e solitarios, mais tambem existem caminhos felizes e bem acompanhados. Não posso a me a ter so a momentos felizes pq a vida nao é um mar de rosas, é uma guerra de sobrevivencia dos mais fortes, os mais fracos resistem por muito pouco tempo.
Sou um sobrevivente, a cada dia que se passa isso torna uma verdade incontestavel.
Meus caminhos eu decidirem, o que as pessoas acham?? Isso é problemas delas, que elas vivam a sua vida e sigam os seus caminhos, ja estamos ocupados demais na nossa jornada e olhando a paisagem que se abre na nossa frente.
By Adonis

quinta-feira, 13 de novembro de 2008

A cidade perdida

Meu esforço foi inutil ... meu sangue escorrendo sobre me face ... os braços na se movimentam mais ... a respiração esta ofegante ... derrotei 30 deles ... ainda restaram 70 ... que iriam continua a sua destruição em massa do meu povo ... falhei como guerreiro e pai ... não posso permiti que isso aconteça ... minha mente esta cansada eu ... nao posso ... fica ... inconciente ... ahhh ...
-Meu filho como vc esta sentido???
-Quem é você ??
-Sou so um velho que atravessava pelo lado sul da cidade indo para as montanhas do Norte, acabei te encontrando, você estava muito ferido e sua respiração estava ofegante, decide lhe ajudar. -Mesmo vendo que sou um soldado dessa cidade esquecida pelo meu rei ... porque?
-Isso é um pequeno detalhe que não preciso me apegar.
-Você realmente é um bom homem, ajudar um desconhecido e ainda cuidar dele, você realmente se importa com outros.
- As pessoas se esqueceram disso depois que essa guerra começou, isto é uma pena, pois nunca havera paz enquanto esse mundo continua com pensamento de que ajuda os outros mesmo sendo seu inimigo ira, demonstra deslealde ao seu rei. E com assaltos e brigas entre os soldados dos reinos sem necessidade, e com a invasão.
- O reino precisava se defender e foi isso que ele fez.
- Eu sei ... mais é assim que se começar uma guerra, com invasões desnecessarias.
- Você ja esta bem, podera continua o seu caminho mais se lembre, enquanto houve desentendimento entre nos, e ganancia, sempre havera guerra. Aqui esta a sua espada meu soldado, a use com sabedoria e nao como um instrumento de vingança.
- Te verei novamente??
- Talvez sim ... Talvez não.
- Boa viagem meu velho, espero que chegue no local destino.
- Para você também, ahh ... siga para a floresta alem das montanhas do Sul lá você ira encontra, soldados que estão se reunindo para combater o reinado de terror do Reino do Sul. Boa jornada e se lembre não use a espada como instrumento de vingaça, por que a vingaça é algo que nos leva para o mal caminho. O seu povo merece a liberdade e paz tanto como os outros povos que estão envolvidos.
- Obrigado irei me lembra disso meu velho.

Direito para A floresta alem da montanhas do Sul
By Adonis

Os sinos da cidade do Norte

Escuto o sinos do Norte tocarem, o vento balança meus cabelos na melodia do sinos que ecoan na cidade esquecida pelo tempo. O som do trovão caindo na entrada sul da cidade perdida na guerra sem causa, cidades queimadas pelo inimigos, pessoas mortas sem motivo algum, pessoas inocentes, mais quem ligar??? Vejo meus cabelos balançarem sobre o meu rosto, o sangue corre sobre o meu braço direito, espada empunhada de sangue do inimigo, o som dos sinos param depois da explosão da igreja, se foi o abrigo dos inocentes.
Que os deuses tenha piedade das almas que partiram dessa cidade esquecida pelo governo, abandonada para fim ... queria que essa guerra jamais tivesse começado ... queria que todos no mundo tivesse uma vida traquila ... mas ... infelizmente isso é impossivel ... enquanto meu corpo tiver sangue, enquanto poder empunhar essa espada ... jamais deixarei que o inimigo passe por essa froteira. Espero a chegada do exercito ... seja o q os deuses quiserem para esse meio ultimo esforço para meu povo e para meu reino.
Verei novamente ... os campos de flores florido ... o mar .... talvez ... mais agora ... so me resta lutar ... por eles ... sentirei falta deles ... mas nao se pode ter tudo no mundo ... o vento balança meus cabelos entre meu rosto, a espada cortando a face ao meio a lâmina apontada para centro da minha cabeça. A minha ultima prece ... é que meu povo consigar se liberta dessa injustiça ... que nossos guerreiros possam desfruta da paz que vira no futuro e meus filhos ... possam viver em paz ... para meu povo e para meu reino ... irei para minha ultima batalha ... 100 homens contra um ... definitivamente é o fim ... meus olhos so vem horizonte ... o ceu esta laranjado, sol desaperecendo entre o horizonte na montanha do Norte ... para ultima batalha ... ....
By Adonis

Mar

Observo o mar com olhos confusos pelo tempo que vejo passa diante deles, vejo que os movimentos das ondas são um retrato do proprio planeta que vivemos com suas indas e vindas, o tempo não passa de uma criação da nossa mente confusa e sentido, sorrimos para não demonstra tristeza nos nossos olhares, que segue a paisagem que se passa adiante dos nossos belos olhos.
O vento perto do mar me aconchegar de uma forma infinita, me faz sentir que nada pode me ferir, mas quando saiu de perto dele me sinto só, e confuso me junto com todos os que não sabem o que querem da sua vida, quais objetivos querem atingir só sentem o medo os consumirem, a infelicidade de sequi as regras da sociedade, que não se importa com a seu bem estar.
Diante do mar tudo isso desaparece é meu local descanso e sempre que retorna, para frente dele esquecerei que vivo no mundo frio e confuso. Diante dele me sinto, livre para ser o que quiser sem regras e sem sofrimento e desiluções.
Esse é meu ponto de distração e diversão.
Todos nós precisamos de local para se esquece todas as regras do mundo.
Eu encontrei o meu, além do horizonte do mar existi algo mais, do que o pôr-do- sol?
By Adonis

Começando

Ainda não tenho nada a declara, na minha primeira postagem. Mas com tempo vou ver se consigo colocar alguns pensamentos meus, e que sabe melhora esses meus errors de portugues.
Obrigado pela visita
By Adonis

domingo, 6 de abril de 2008

queria voar ao ceu estrelado